Meu Perfil
BRASIL, Mulher, French, Italian, Livros, Arte e cultura, Swásthya Yôga



Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 ANAS ESTRELAS
 TARJA PRETA
 Meu fotologue
 JAZZ
 Swásthya Yôga
 Hayao Myiazaki
 Jazz pour tous
 Pq sou vegetariana?
 DINHEIRO FACIL?
 LE SIDA et les jeunes


 
Por uma vida menos ordinária...


Eu não queria colocar coisas pessoais nesse blogue, mas encontrei esse post no antigo fofotlogue a acho q ele ainda vale... http://fotolog.terra.com.br/anaestrel:8 17/02/2005 14:12



O tempo passou por mim deixando pra trás as coisas mais belas e loucas e últimas q me restam...
Eu aqui lendo essa breve história do tempo imagino se o Hawking também sentiu essas coisas todas tão humanas que a gente sente quando pensa q o tempo e tudo no mundo é relativo e que a gente é muito pequeno no meio disso tudo...
Eu que mudei tanto em tão pouco tempo, e pensava q tinha mudado muito nos últimos anos descobri q no fundo algumas coisas vão permanecer sempre iguais...
Na verdade acho q certos detalhes q eu julgava ultrapassados em mim estamavam só adormecidos esperando q eu os redescobrisse...

Eu continuo a mesma pessoa, apesar de tudo...

Eu ainda sorrio sozinha quando penso nos sonhos q só eu sei q tenho e q vou esperar q se realizem até o fim da minha vida...

Ainda fico o dia inteiro triste quando lembro de alguma coisa antigamente bela e que agora ficou boba, mesmo q ela sempre tenha sido boba na verdade e bela só pra mim...

Eu ainda choro quando estou sozinha, e às vezes ainda me perco em curvas ou marcas do meu rosto pensando em vidas q não vivi e talvez só eu possa imaginar...

Eu ainda tenho aqueles momentos de loucura só pra descobrir se a vida ainda está escondendo alguma coisa...

Eu ainda acredito q eu possa mudar o mundo, mesmo tendo escutado milhões de vezes q isso ia ser impossível. Na verdade eu já descobri como eternizar o q eu quero com as minhas palavras...

Eu ainda não acho pecado amar a arte acima de todas as coisas...

E ainda acho o amor muito mais humano do que divino...

E a quem possa interessar: Eu ainda faço desenhos no final dos cadernos. Ainda faço espirais e outras coisas com lápis de cor em papéis q encontro perdidos na minha escrivaninha ou pela casa. Eu ainda faço fotossíntese no sol de manhãzinha (qdo dá tempo), como fazia com minhas amigas do colégio há alguns anos... Ainda amo brigadeiro. Ainda conto calorias. Ainda sonho acordada na frente dos professores. Ainda quero ser astronauta e bailarina. Ainda começo a escrever romances sem terminá-los. Ainda acho maldade cortar uma foto. Ainda durmo encolhida. Ainda fico descalça no carro. Ainda faço cara feia pra quem joga lixo no chão. Ainda uso meias de bichinhos. Ainda acho q sou um peixe q ganhou pernas. Ainda amo o mar...


Escrito por Anaestrel às 17:05:25
[] [envie esta mensagem] []



Oda

Coisas especiais são difíceis de perceber.

Essa é uma cena do filme casa vazia.

As personagens não trocam uma palavra o filme todo e a gente nem se dá conta de q falta nada...



Queria atingir esse estágio só pra ver como seria não precisar das palavras.

Escrito por Anaestrel às 08:50:41
[] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]