Meu Perfil
BRASIL, Mulher, French, Italian, Livros, Arte e cultura, Swásthya Yôga



Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 ANAS ESTRELAS
 TARJA PRETA
 Meu fotologue
 JAZZ
 Swásthya Yôga
 Hayao Myiazaki
 Jazz pour tous
 Pq sou vegetariana?
 DINHEIRO FACIL?
 LE SIDA et les jeunes


 
Por uma vida menos ordinária...


Escutando Por una cabeza - Carlos Gardel

(Tango é a coisa mais maravilhosa que existe.)
Na verdade, é muito lindo observar a presença da música no tempo e no mundo... O que veio dos Celtas, o que veio dos Árabes, o que veio da África... É bonito ver elementos musicais nascerem num lugar, serem transformados em outro, renascerem e se chocarem diversas vezes, resultando essa riqueza que a gente vê hoje... A tal dança do universo, a harmonia celeste proposta pelos pensadores gregos, a explicação física e divina pra tudo o que existe... É bonito ver o Flamenco, o Fado, o Tango... O Jazz o Samba, o Choro, a Bossa... A Música tem um poder instantâneo de entrar na gente e mudar duma hora pra outra o jeito de a gente ver e sentir as coisas...
Música é uma maldição. Pior que mulher, pior que ciência, pior que religião, pior que saudade...
Música corrompe, música fascina, música entorpece... Música não é só uma coisa linda... A Música evolui com o homem, a música pode representar uma geração, um sonho, um povo... Música tem um poder transformado incomensurável... Que deixa a gente angustiado com a nossa insignificância diante da nossa própria criação.
Música domina a nossa vida, música é como a amante que a gente não consegue largar nunca, sem conseguir saber por que. Se é por causa do perfume, do jeito de sorrir... A gente não sabe o que é, mas precisa dela pra viver. Uma vez tendo aberto o coração, a gente já se encontra irremediavelmente preso pra sempre. Como a rosa do pequeno príncipe...
O contato direto com a música, com a harmonia, com o ritmo e com a intuição musical é como respirar junto com quem a gente ama pela última vez antes q ela se vá. Ou antes que o dia amanheça. Ou antes que a gente deixe de amá-la.
Ser músico é se deixar perder dentro de si mesmo. É esquecer o universo inteiro em algum lugar dentro da gente. É se condenar a uma busca eterna. É se amaldiçoar tentando encontrar uma justificativa pra toda essa vida e beleza que existem no nosso coração. É dar sentido a todas essas revoluções que a gente nunca sabe se estão lá fora ou dentro da gente mesmo... Ser músico - quem sabe – é se entregar totalmente a um plano que ninguém ainda conseguiu compreender direito, mas que atordoa a todos nós desde quando o primeiro homem criou a primeira melodia e primeiro ritmo e percebeu o poder incontrolável de transformação que aquilo tinha sobre ele e sobre todos os que o cercavam.




Escrito por Anaestrel às 21:22:09
[] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]