Meu Perfil
BRASIL, Mulher, French, Italian, Livros, Arte e cultura, Swásthya Yôga



Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 ANAS ESTRELAS
 TARJA PRETA
 Meu fotologue
 JAZZ
 Swásthya Yôga
 Hayao Myiazaki
 Jazz pour tous
 Pq sou vegetariana?
 DINHEIRO FACIL?
 LE SIDA et les jeunes


 
Por uma vida menos ordinária...


Nesta escuridão infindável esperava ser uma luz. Mas sou apenas eu. No silêncio inquietante deste universo esperava ser um som. Mas sou apenas eu. Afogada em mil saudades, doces e amargas, perdida entre mil vontades, sou apenas eu. E não há mais poesia, não há mais som, não há mais cor que consigam aliviar o aperto deste coração tão sufocado. A existência é como se nada nunca tivesse existido. Olhando de perto, todos não passam de efígies sombrias. Tudo é tão eternamente distante; tudo me é tão espantosamente estranho. Inclusive eu, que não sou nada além de mim. Estranha. Solitária. Silenciosamente corroída pelo tempo, como todo o resto. Esperava ter a coragem de fazer algum verso. Mas sou apenas eu. Esperava ter alguma coragem. Mas sou apenas eu. Sou apenas eu mesma e não me resta mais ninguém, porque ninguém nunca houve, de fato.



Escrito por Anaestrel às 17:52:07
[] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]